Ramadan: realizada a terceira ação social promovida pela UNI em São Paulo

29/07/2013

Por Sâmia Gabriela Teixeira

A UNI- União Nacional Islâmica realiza anualmente em diversos bairros da cidade de São Paulo a Ação Comunitária. O evento conta com o apoio da Prefeitura, da polícia militar e de instituições e voluntários que realizam atendimentos nas áreas de saúde, lazer, cidadania e cultura. Durante este mês, essas e outras atividades serão promovidas pelo bem comum e pela assistência necessária à camada populacional vulnerável que mais sofre com a desigualdade social.

Neste domingo (28), com o apoio da prefeitura de São Bernardo do Campo e da Secretaria de Relações Internacionais da prefeitura, a UNI esteve presente na Vila São Pedro, periferia de São Bernardo do Campo, e contou com a participação de cerca de 150 auxiliares, técnicos, enfermeiros e técnicos em estética, médicos responsáveis, dentistas, advogados, psicólogos, voluntários, diversos sheikhs, personalidades políticas, como o deputado federal Protógenes Queiroz, diretores da UNI e o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho.

 

A experiência e os benefícios para quem ajuda

A estudante em técnico de enfermagem do Colégio XXIV de Março de SBC, Márcia, conta que é a primeira vez que participa como voluntária da Ação Comunitária da UNI. “Nós fomos convidadas pela União Islâmica e estamos satisfeitas por estarmos aqui como voluntárias. Atendemos nas tendas de detecção de hipertensão, diabetes, hepatitce C, colesterol, estética e escovação dentária. Toda a equipe de auxiliar e técnico de enfermagem visa aqui auxiliar e proporcionar a educação preventiva, pois consideramos esta iniciativa um passo importante, visando conscientizar a população de que quanto mais rápido se previne e realiza o diagnóstico de doenças, menores os riscos de que ela cause mais problemas ou se agravem”, enfatizou.

 

Para a criança, o que é de criança

Quieto e meigo, o garoto estava entretido com os brinquedos de montar há 30 minutos. O pai, Reginaldo, o pai, diz que soube do evento ao receber um folheto de divulgação. Enquanto o pequeno aproveitava os espaços de entretenimento infantil, o pai afirmava que ainda voltaria para desfrutar e alguns outros serviços da Ação. “Esse evento é muito bom. Eu vi que tem uma tenda de estética para massagem, e a gente sabe o quanto esse tipo de cuidado é caro, eu vou deixar meu filho em casa mais tarde e voltarei pra aproveitar uma sessão nessa tenda”. Reginaldo também acredita que a alegria das crianças por ter a oportunidade de usar um espaço de lazer com tantas opções, só revela o quanto ações como esta são importantes para a construção de melhores “seres humanos”. “É importante porque falta opção pra meninada da região. Quadra só tem essa, e não temos espaço pra brincadeira, nem temos playground. Isso é importante para que as crianças não fiquem paradas e pensem besteira”, concluiu.

 

Melhoria integrada

Uma das novidades da Ação Comunitária em São Bernardo do Campo foi possível por meio da parceria com a prefeitura e tem o nome de Cidade de Paz. Nardo, trabalha na secretária de segurança urbana, e explica que o objetivo principal e que abrange outros braços de ações do governo e municipais, é o de congregar todas as secretarias pelo bem comum, atuando territorialmente. Segundo ele, “há planos de construir, próximo à região do Montanhão e ao CEU um parque, que vem sido desenhado de acordo com análises e consultas com a população que mora entorno do local”. Este projeto é parte do que se busca com a Cidade de Paz, e Nardo reforça que é por meio de ações que integrem o lazer, educação e saúde que se combate a violência e, consequentemente, se alcança a paz. “Pode parecer utópico, mas se temos condições de base, podemos diminuir os índices de violência na região. Este já é um importante passo”.

 

Ação Comunitária: a concretização das missões do Islã

O espaço de cultura e divulgação do Islã tem sido o local de importante acesso aos princípios e aos motivos de se realizar a Ação Comunitária nas regiões mais carentes de São Paulo. O sheikh Ahmad Sharaf, da Mesquita de Santo Amaro, presente durante todo o evento, afirma que o trabalho é positivo pois possibilita, a pessoas que vivem na linha da miséria, orientações nas áreas de saúde, higiene, cultura e todos os outros setores. “A missão do Islã é fazer esse tipo de atividade. A solidariedade e a caridade são missões e obrigações de todo o muçulmano. Todos nós devemos proporcionar, mais e mais, essas ações, como um dos objetivos mais dignos que um ser humano pode ter”, finalizou.

 

Além dos atendimentos em diversas áreas da saúde, outras atividades gratuitas dos setores de cidadania, lazer e cultura foram oferecidas, como o cadastramento para emprego e emissão de carteira de trabalho, oficinas de desenho, circo, italiano para crianças, espaço de leitura e distribuição de pipoca e algodão-doce para o público.

Uma muda de árvore foi plantada no local, em ato simbólico pela união de todos os povos, suas culturas, crenças e histórias. Neste momento, estiveram presentes o prefeito Luiz Marinho, o vereador Lamé Smeili, de Guarulhos, o presidente da UNI, Mohamad Ahmad Hussein el Bacha e importantes membros da diretoria da entidade islâmica.

A Ação Comunitária foi criada com o objetivo de atender a população periférica da capital paulistana e região, e é sempre realizada durante o mês de Ramadan, por ser este um período de solidariedade latente entre os muçulmanos. Mohamad Ahmad Hussein el Bacha, presidente da União Nacional Islâmica, ressaltou a obrigação, enquanto cidadão e muçulmano, de acolher e oferecer o nosso melhor aos que mais necessitam de tais serviços. "Nossa intenção é fazer aquilo que a nossa religião ensina, que, especialmente neste mês do jejum, prega a crença em Deus. É neste período que ao jejuar sabemos o que é passar fome. Sentimos a necessidade na pele. É um mês em que buscamos ser um pouco melhor. Este evento é realizado para que possamos oferecer acessibilidade a estes encaminhamentos médicos, indicando um ponto de referência local onde possa ser melhor tratado, além da orientação jurídica, cultural islâmica e do lazer para as crianças. Na verdade, vejo isso como uma obrigação nossa."



Voltar



UNI União Nacional Islâmica
Telefones
(5511) 3227-9660
(5511) 3227-8663
uni@uniaoislamica.com.br

Imprensa
Núcleo de Jornalismo da UNI:
e-mail: imprensa@uniaoislamica.com.br

© Copyright 2012.
Todos os direitos reservados.